segunda-feira, setembro 11, 2017

Poliição sonora.



















Hoje, acordei ao som de brocas a furar paredes no andar ao lado do meu. É uma verdadeira tortura! A solução é sair de casa. Vou até ao estádio da Luz a ver se ainda há bilhetes para jogo com o CSKA.
Se aqui permanecer ainda fico com os miolos triturados

sábado, setembro 09, 2017

Continuo amarrado à minha incapacidade de escrever aquilo que penso e aquilo que vejo. Medo do ridículo ? É o mais certo. Assuntos não faltam. Procuro inspiração e o UJM. ajuda-me. Mas penso que nesta idade já não há recuperação. Paciência.

sexta-feira, setembro 08, 2017

Não saímos disto!

Lentamente, as TV's regressam às programações ancoras. Ontem, por exemplo, na SIC Notícias voltou "A quadratura do circulo". Assuntos abordados: doações a Pedrogão, cativações, greve na Auto-Europa e a dos enfermeiros. Não saímos disto. E é de pena !

quinta-feira, setembro 07, 2017

Tempos muito conturbados !

Ligo a TV e não vejo senão litigância. O OE dá para tudo: eles são os enfermeiros, os médicos, os juízes, os procuradores, os professores e também a Catarina. Todos querem ir ao pote. Depois, vêm os canais do desporto com bruxos, árbitros, Benfica, Bruno, transferências, e'mails,etc.. A seguir, as desgraças: julgamento de Braga, operação marquês, e menina raptada, os furacões, as queimadas, as doações para Pedrogão. Safa-se apenas o canal 2: Culto e adulto. Chiça que é demais !

quarta-feira, setembro 06, 2017

Vai chegando, chega mais !

Começo devagarinho, devagarinho ! Assim, talvez crie o hábito.
Hoje, comecei por ir, logo pela manhã, a um super-mercado. Comprei alimentos e fruta.
Li, no café, dois jornais.

terça-feira, setembro 05, 2017

É uma gémea !


Contagia-te !


UJM. escreve bem. Ao meu gosto. Por vezes, escreve demasiado sobre si própria, quase ficando à beira do narcisismo. Noutras ocasiões, confunde-me: fico indeciso sobre o género que reclama, Parece-me do outro, sabido e experiente.Vem isto a propósito da minha incapacidade. Vivi  muitas experiências, mas não tenho jeito para as reproduzir em letra de forma. Continuarei a ler, pois, UJN. como inspiração. Se for contagiado, tanto melhor !